domingo, 14 de fevereiro de 2016

Dicas rápidas, troca de sementes, pragas de verão, antes e depois e etc.


Nesse post fiz um apanhado de tudo um pouco que anda acontecendo aqui no meu jardim para aproveitar e falar rápido sobre itens que possam ser dúvidas de alguns. Aproveitando e falando em dúvidas, já viu esse menu aqui em cima, abaixo do logo do blog? Tem as postagens mais importantes e que o pessoal mais procura assim também como um "perguntas mais frequentes", que será sempre atualizado com as dúvidas mais recorrentes que recebo nos comentários, por email e no facebook. Ainda não curte nossa page lá? Acesse aqui e não se esqueça de quando clicar no botão "curtir" marque as notificações para receber sempre as atualizações da página. Costumo postar quase todos os dias. Assim também como no meu instagram pessoal (@camilabatalhone), posto diariamente coisas do meu cotidiano, meus gatinhos e claro, muitas plantinhas! Segue lá!

Vamos ao que interessa!


Troca de sementes

Recebo muitas mensagens de pessoas querendo trocar sementes ou me perguntando se tenho sementes de tal coisa. No começo do blog, no auge da minha obsessão por sementes, eu tinha muitas e até fiz uma página aqui no blog com minha lista para trocas. Tenho até que excluí-la. Pois bem, fiz muitassssssss trocas, entrei em grupos no facebook e consegui muitas sementes raras e troquei bastante com pessoas do exterior. Mas fui com muita sede ao pote e não tinha estrutura física pra tanta plantinha. Resultado: perdi praticamente tudo. Então minha dica é: mesmo que seja lindo e empolgante o plantio, só plante o que vai ter espaço depois ou que tenha para quem doar as mudas. Bom, indo direto ao assunto, eu não estou trocando mais, mas existem por aí vários sites com essa finalidade e até grupos do facebook. Deixo aqui dois sites que descobri recentemente e pode ajudar quem está na busca por alguma raridade.






________________________________________________________________________________

Pragas de verão

Conhecem a mosca branca?


As danadinhas embaixo de uma folha de Hibiscus mutabilis

Essa danada é endêmica aqui na minha região (Uberaba/MG) e nessa época do ano sempre aparecem aos montes. Ficam debaixo das folhas e quando rego com mangueira, vira uma nuvem. Com o problema da dengue e do Aedes aegypt, a população se preocupa com o aparecimento desses pequenos mosquitos; mas eles não fazem nada ao ser humano, somente às plantas (pior pra quem como nós tem muita planta). Para saber mais, separei duas páginas interessantes: veja aqui e nessa outra  com se livrar dela.

_________________________________________________________________________________

Dica rápida para sua roseira florir mais intensamente

Vale também para as plantas com flores grandes, como lírios e dálias. Assim como uma adubação rica em fósforo (mais sobre adubação clique no menu abaixo do logo do blog, logo aqui em cima) é importante para a floração, a poda também o é. Todas as plantas gastam muita energia emitindo flores, então quando esta estiver já feia, pode. Isso cortará a energia utilizada para manter a flor velha e dará força para que novos botões se formem.

Mini roseira com as flores já feinhas

Sim, dá dó cortar, mas acreditem, sua planta vai florir com muito mais intensidade! Em dois meses é a segunda floração desse vaso assim, bem cheio! Quando as rosas ainda estiverem frescas e bonitas você pode já podar também e fazer um arranjo em vaso com água e por dentro de casa! Assim se matam dois coelhos numa cajadada só: a planta terá mais força para florir mais rápido e você terá a casa bonita e perfumada!


Depois de podada. Essa amarelinha é de outro vaso. Ainda deixei essas três que não estavam ainda tão feinhas.
_________________________________________________________________________________

O incrível poder de uma semente dentro de um caroço duro

Às vezes eu fico filosofando como a natureza é forte! Já pararam pra pensar na força que um embrião dentro de uma casca dura de semente faz pra sair de lá? Olha só essa mudinha de mini-manga:



Olha só a força que ela não fez pra abrir esse caroço! Eu antes de plantar tentei abrir pra tirar a amêndoa (para saber mais já fiz um post sobre as sementes que ficam dentro de coroço) e a germinação acontecer mais rápido, mas não consegui e fiquei com medo de machucar a semente e plantei o caroço assim mesmo. Já tinha plantado caroço de manga comum e levava uns 2/3 meses pra germinar. Essa foi mais rápido: em  mais ou menos 1 mês os 3 vasos que plantei germinaram todos juntos! Olha que belezinha...



_________________________________________________________________________________

Minha planta morreu depois do transplante! Socorroooooooooooooooo!!!


Isso é um pé de Manacá-da-serra...

Calma! Ainda não tenho um diagnóstico confirmado, apesar das aparências. Muitos de vocês já devem ter vivenciado essa situação. Depois de um transplante, tem plantas que sentem muito e costumam cair todas as folhas. Só estou preocupada pois coloquei bastante esterco (sim, estava bem curtido, sequinho), mas vamos aguardar. Na verdade quando fazemos um transplante radical, que se mexe nas raízes, é bom dar uma boa podada nos galhos, mas nessa não fiz... fiz agora depois que caíram as folhas, rpa ver se recupera mais depressa. Estou esperançosa pois no mesmo dia fiz outros dois vasos e eles não sentiram nadinha, olha só:


Atrás é um gengibre-azul e na frente um Cotonete - Clerodendrum quadriloculare

_________________________________________________________________________________


Isso é o que dá por planta de sombra no sol...



Quem nunca? =(

____________________________________________________________________________


Como tirar sementes das suculentas?



Simples é, difícil é germinar. Não tenho muita paciência porque as sementes são como pó. Mas se quiser tentar é fácil. Aqui está o pendão de flores de uma echeveria já seco:




É importante deixar o pendão secar na planta para que dê tempo dela ter sido polinizada e ter formado as sementes e estarem viáveis. Pode-se fazer polinização manual também, cruzando as espécies.




Na foto acima está umas destas flores secas que despedacei e dentro estão as cápsulas com as minúsculas sementes que são essas poeirinhas. O ideal é semear em cima de um substrato bemmmm leve e não cobrir. Borrifar com água e tampar com plástico filme ou usar aqueles recipientes de plástico transparentes com tampa. Deixar em lugar bem iluminado sem sol direto. Pode deixar lá meses, pois elas demoram e só borrife novamente se ver que o interior não está úmido.


_______________________________________________________________________________

Isso é o que dá sair plantando tudo que existe e não identificar!


Vejam essas belezas abaixo. Não sei o que são mas estão lindas e sei que são árvores. Sei também que são de sementes estrangeiras, mas não sei o que é? Alguém faz idéia? Não acho que seja tão difícil identificar pois as folhas tem um formato bem peculiar.










_________________________________________________________________________________

Um antes e depois


Adoro fazer mini-jardins. Mas de tempos em tempos tem que dar uma reforma, pois as plantas crescem, outras morrem e a idéia inicial perde a forma. Vejam e evolução desse vasinho:



Exatamente no dia em que o montei, deve ter um ano



Hoje está assim



Vou dar uma remodelada e depois mostro


É isso aí, ficou meio grande o post mas espero que tenham gostado. Capaz que amanhã ou depois venho com outro resumão! Até!
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...