quarta-feira, 24 de agosto de 2016

Mais dicas para jardineiros principiantes

Se você ainda não leu o post anterior sobre dicas para quem está começando na jardinagem, recomendo ler, clique aqui.


Suculentas da minha coleção. Echeveria cante, sedum e oxalis suculenta.

Quero ressaltar aqui que não me julgo uma veterana... muito menos que sei tudo! Acho que todo jardineiro por mais experiência que tenha, sempre é um iniciante. Sempre há novos conteúdos a serem aprendidos, novas experiências a serem vividas... estamos sempre estudando e testando; trocando experiência e dicas com outros jardineiros; então a maior dica de todas (lembra que no post anterior eu disse que todos os outros itens se desdobravam na curiosidade?) é: pergunte muito!



Suculentas da minha coleção. Aeonium e sedum.


Com as perguntas de vocês eu também passo a perguntar pra outras pessoas, ou até mesmo pro Google, rs. E assim aprendo mais, pois pesquiso pra trazer a resposta... ou até digo que não sei mesmo... tem coisas que nenhum livro vai te trazer, somente a experiência. Testando e aprendendo com os erros e acertos. Mais com os erros, devo ressaltar.

Dica de livros!

Tem um post de 2014 que fiz sobre livros e publicações do ramo. Clique aqui pra ver. Lá inclusive tem mostrando o livro-catálogo que citei no post anterior de quando eu comecei a me interessar por plantas e ia pesquisar lá!

Sou louca pra comprar esse livro:


Foto do Google Images

Já dei uma folheada em livraria e é muitooo bom! Ia ser incrível pra trazer novos conteúdos pra vocês. Como ele é um pouco caro ainda não pude comprar, mas tá na lista e recomendo.

Assim, eu quero muito vários livros, amo livro. Como falei lá no link que deixei pra vocês a Plantarum e a Editora Europa são os que mais tem itens na área de plantas no Brasil. Principalmente a Plantarum que são livros mais técnicos, mas que não deixam de serem didáticos.

Reiterando que não sou paga pra fazer propaganda, indico porque gosto!

Ai Jisuis, quando eu estava pegando foto do livro pra mostrar pra vocês descobri outro que preciso:


Foto retirada do Google Images

Todos esses livros tem nas grandes livrarias. Vale pesquisar o preço por mecanismos de buscar comparativos como o bondfaro.com.br. 

Falando em biodiversidade, é uma dica boa pra iniciantes também um post que fiz sobre insetos benéficos para as plantas, leia aqui.

Voltando...

Como eu disse no post anterior, ser observador é o melhor dos requisitos. Além de ficar atento às plantas ao redor, uma pessoa esperta vai olhar para uma terra, um substrato em um vaso e se questionar o que foi usado ali; se está sendo bom pra planta; do que ele é feito... vai perguntar, ir atrás, testar pra ver se funciona pra você. Pois como já falei muito aqui em outros posts, uma coisa que funciona pra mim pode ser que pra você não, pois depende do clima, etc.


Ipê amarelo perto da minha casa


Tenha muita paciência!

Como já falei no post como plantar sementes, mexer com plantas requer ser extremamente paciente, ainda mais quando queremos nos enveredar pela plantação de sementes e até outras formas de propagação, como a estaquia. São processos demorados que podem levar de dias e até meses! Não seja ansioso! E olha que eu não sou uma das pessoas mais calmas do mundo, rs.

No mundo em que vivemos hoje, com a facilidade das tecnologias, acostumamos a querer tudo pronto e na hora que queremos! Nos afastamos da natureza e esquecemos que as coisas acontecem no tempo delas, e não no nosso. O homem inventou os hormônios sintéticos e adubos químicos para acelerar esses processos, querendo controlar a natureza. Mas não é bem assim. Tudo tem seu tempo.


Minha linda bacia de suculentas variadas que amo de paixão!


Recebo muitas perguntas de que tal semente está demorando pra germinar, quanto tempo leva, como faz, etc. Gente, calma. Eu quis fazer esse blog exatamente para compartilhar com vocês essas experiências e informações que não encontrava por aí. Mas tudo foi e ainda vem da minha experiência pessoal e observações. Então faça esses testes você também! Sim, os blogs de jardinagem estão aí pra ajudar a vocês e a mim também, que como disse não sei de tudo. Mas é só uma ajudinha pra vocês baterem as asas sozinhos! Aventurem-se! Tenham paciência e sejam observadores... seguiu todas as dicas de germinação e nada ainda aconteceu? Quanto tempo tem? Espere. Se demorar muito cavuque a terra e veja se tem alguma germinação acontecendo... não? Espere mais... continue regando, cuidando... e assim descubra de que forma aquela semente se comporta!

Sites e blogs para se deleitar!

Nesse mundo do verde conheci pessoas muito legais e dentre elas algumas que também tem seus sites e blogs sobre o assunto e que deixo aqui como recomendação. Elas têm ótimas matérias sobre jardinagem em geral: propagação, cultivo, dicas de adubos, defensivos... todo material produzido e testado por elas!


E um excelente site que é como uma enciclopédia de plantas é o Jardineiro.net

Ah, se você tem Facebook vale a pena entrar no grupo de Identificação Botânica. Lá tem um pessoal craque que pode te ajudar a identificar as plantinhas que não conseguir achar nome.

Todos esses sites e blogs, inclusive o meu, tem a caixinha de busca geralmente na parte superior da página inicial. Lá fica fácil você buscar o que deseja por assunto ou planta. É só digitar por exemplo: livros, hibisco, como plantar sementes...  Outros sites que recomendo estão aqui no menu direito do blog!

Minha gaiola de suculentas indo de vento em popa! Não viu como eu montei? Clica aqui pra ver o passo-a-passo!


Não tenha medo de errar

Essa é outra dica importante. Não tenha medo de perder sua planta, sua mudinha. Claro que não queremos perder, ainda mais se for uma planta rara, uma semente difícil que conseguimos. Mas se perder, bola pra frente, arrume outra, se dedique as outras plantas que você tem.

Planta precisa de poda sim; precisa de troca de vaso; precisa de replante... pode ser que em algum desses processos ela se ressinta? Sim. Mas cuide com carinho que tudo volta ao normal. Há males que vem para o bem.

Tá com medo de afogar a semente? Medo de torrar a semente no sol? Isso é normal gente. Tem que testar tudo e saber o que se adeque melhor ao seu ambiente. Eu já perdi tanta planta que nem faço as contas... sementes então, nem se fala! E sementes preciosas, de trocas de outros países... Suculentas então, nem se fala! Vivo recomprando as que perco... outras raras fico sem, não tem jeito. E é vida que segue gente...

Então é isso, espero que tenham gostado das dicas, e fiquem de olho no blog porque estou pensando em postar pelo menos 2 vezes na semana! Siga o blog nas redes sociais para ficar por dentro das novidades e conteúdos exclusivos! Instagram @camilabatalhone e fanpage no Facebook https://www.facebook.com/diariodeumasementeira/


Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...