Como podo minhas plantas

Como prometido, aqui estou para mostrar as "artes" que andei fazendo por aqui. Emendando no post anterior, vamos mostrar um pouco na prática o que aprendemos na teoria.


Pézinho de Pinha 

Reiterando que não sou nenhuma especialista no assunto, e nem o que vou mostrar aqui seja o totalmente correto. Só quero compartilhar com vocês uma jardinagem amadora e fácil de entender. Além do que são experiências, assim podemos aprender com os erros e fazer correto depois.


Zoom da base da planta da foto onde foi podada

Muitas das fotos que vou mostrar aqui, as plantas estão podadas aleatoriamente; eu não tinha muita noção de como podar. Mas dá pra tirar uma base do que acontece. No caso acima, na primeira foto, vocês vêem uma  pé de pinha plantado em vaso. Esta muda ganhei de uma amiga e foi plantada de semente. Quando compramos mudas de árvores na floricultura, elas já vêm podadas corretamente. No vaso de plantio por semente, a muda nasce com vários ramos e galhos, e é importante fazer o desbaste desses ramos e galhos para que a muda cresça em uma só direção. Isso não só é importante para a harmonia visual, como para um melhor aproveitamento de luz pelas folhas mais abaixo.

Como recebi a muda já grande, ela tinha dois galhos centrais grandes já. Então podei um deles no fim, mas devia ter podado rente ao tronco; como podem ver, o toco já está brotando, e isso rouba energia da planta.

Hibiscus mutabilis já podado em duas regiões

Mesmo antes de saber detalhes de como funciona a poda, eu já usava alguns critérios básicos que a gente herda dos mais antigos ou mesmo de dicas de revistas e etc, nas quais ainda utilizo no geral, que são:

- Infestação muito grande de qualquer praga;
- Folhas e galhos doentes e velhos;
- Crescimento exagerado de algum galho;
- Desbaste de excesso de galhos;
- Estimular crescimento lateral de brotos;
- Dar um formato mais compacto à planta.

Vejam essa foto acima: já podei esse hibisco duas vezes, acho que dá pra ver onde foi, mais embaixo e depois um pouco acima. É que a danada não dá brotos laterais, continuou crescendo pra cima, rs. Não sei se podo denovo; como no final do ano vou me mudar e 90% das plantas vão para o chão, eu ando dando uma podada geral pra controlar o crescimento. Alguém aí se quiser me dar uma luz, favor deixar nos comentários!

Aí tem duas mudas de Abutilon

Andei aprendendo que é bom podar a planta depois da florada para que ela dê uma revigorada para a próxima florada, mesmo que ela floresça mais de uma vez no ano. Na foto acima, esse abutilon tinha acabado de florir. Ainda estava com alguns botões, mas confesso que podei assim mesmo porque não estou tendo muito sol nesse local e a planta estava meio estiolada (muito comprida procurando luz). Então cortei os "ponteiros" para que dê mais brotos laterais e fique mais cheia. Eu já tinha podado assim uma vez a mesma planta e deu certo. Aí quando ela for para o chão, vou fazer somente a poda de formação, pra ficar compacta.



Observem as fotos acima. Eu comprei essa planta com um ramo só. Ela é arbustiva e no chão cresce bastante, mas como está em vaso pequeno (essa também irá pro chão) tenho que manter pequena. Olha onde foi feita a poda: bem no meio da planta; na época ela ficou praticamente um toco, mas vejam que ela deu muitos brotos laterais que já viraram galhos.

Roseira-de-são-francisco podada recentemente; os brotos vermelhos são brotos novos saindo do corte da poda

Mais uma roseira podada

Uma planta que requer uma poda mais drástica pra ficar sempre bonita é a roseira. Quem tem no chão sabe que elas crescem horrores e ficam toda esgalhada se não podar. As minhas não estão com uma poda muito bonita: explico. A primeira foto que está no vaso pequeno, estava crescendo muito em um sentido só e ela está em processo de floração, então fiquei com dó de passar a faca, rs. Podei só nos galhos que estavam muito altos. Futuramente também vai pro chão. A segunda está numa floreira grande e é bemmmmm antiga; na verdade ela é da minha mãe. É uma rosa branca que é medicinal. Ela tem muito ciúme, então tive que maneirar na poda. O que acontece é que ela deu ácaros e estava com as folhas todas amareladas. Quando é assim não tem jeito. O ideal mesmo é podar no toco. Em uma semana você já verá vários brotos vermelhinhos saindo.


Suculenta podada já saindo brotos no miolo

Outra suculenta que podei recentemente. É so enfiar a parte de cima na terra que enraiza fácil; enquanto o toco emitirá brotos laterais

Como mostrei em um post recente de como deixar suas suculentas sempre bonitas, uma poda de vez em quando é essencial, tanto pra deixar a suculenta mais cheia e compacta como para gerar novas mudas. As suculentas tem como característica se proliferarem muito facilmente pela estaquia das folhas, ramos, pendões e a sobra da própria poda. Na primeira foto eu podei o topo da planta que tinha umas 3 folhas grandes e enfiei em um vaso no qual já está enraizada e crescendo. Como podem ver nessa foto, ela já está emitindo dois brotos laterais. Na segunda foto eu cortei a danada no meio porque o tronco estava muito comprido. Enfiei a parte de cima na terra e o toco do lado gerará brotos laterais, deixando a planta mais cheiinha.

Pé de figo no vaso

Local da poda

Esse pé de figo está em um vaso grande. Ainda estou pensando se vai pro chão. Há um ano mais ou menos eu podei ele no meio. Estava muito comprido sem nenhum galho lateral. Como se vê na segunda foto, ele emitiu dois galhos e deu uma enchida na copa. Também tive que fazer uma poda drástica de todas as folhas pois elas estavam todas com ferrugem. Agora está saudável e feliz. Lembre-se de que deve-se podar sempre depois da frutificação, principalmente os galhos que frutificaram, para que na próxima temporada ela frutifique mais.

Poda drástica na barléria

Nesta foto acima vemos um toco com alguns brotos. Na verdade eu achei que essa planta não iria sobreviver. Ela floriu bem depois de um ano eu acho que ganhei uma estaca. Mas as folhas estavam sempre amareladas e feias. Mesmo florindo. Aí um dia depois da florada eu tomei coragem e podei no toco. Como não ficou pra baixo nenhuma gema, não tive muita ilusão de que ela brotasse. Mas deixei lá quietinha. Depois de uns 2 meses ela começou a emitir pequenos e frágeis brotos e aí está, devagar e sempre, e parece que a planta está saudável. Essa é outra que vai pro chão.

Pessoas, o post está ficando muito longo e ainda quero mostrar mais coisas para vocês. Então amanhã ou depois solto a continuação, ok? 


Comentários

  1. Adorei o post! Preciso estudar mais sobre podas, mas preciso aprender mais sobre tanta coisa que acho que vou levar essa encarnação e a próxima e ainda vai faltar alguma coisa, rs.
    Beijos Floridos

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Obrigada pela visita, em breve responderei! Volte sempre!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...